Rede Novo Tempo de Comunicação

legenda

Rede Novo Tempo de Comunicação

Suposto atirador do massacre nos EUA é coreano e tem 43 anos


Por marciobasso 03/04/2012 - 11h20

O homem armado que supostamente matou sete pessoas em um colégio religioso da Califórnia nesta segunda-feira, 2, tem 43 anos, é coreano e vive nos Estados Unidos, disse a polícia.
O suspeito, identificado por One Goh, se entregou à polícia que o localizou em uma cidade vizinha, depois que ele fugiu do local do massacre, em Oakland, perto de San Francisco, informou o chefe de polícia de Oakland, Howard Jordan.
“O suspeito, possível morador de Oakland, rendeu-se aos agentes do departamento de Polícia de Alameda, na própria cidade de Alameda”, disse ele, dando os primeiros resultados oficiais sobre o massacre. “Ele tem nacionalidade coreana”, disse Jordan, sem especificar se o suspeito havia nascido na Coreia do Norte ou do Sul.
O suposto atirador, aparentemente fugiu do local antes de os oficiais chegarem à Oikos University, no leste de Oakland, após um chamado feito ao 911, às 10h30 da manhã de ontem, no horário local (14h30, no horário de Brasília).
Um total de dez pessoas foram atingidas, cinco das quais foram declaradas mortas no local. Duas outras morreram posteriormente em um hospital. Várias pessoas foram encontradas escondidas em salas de aula da pequena faculdade cristã, afirmou Jordan.
O suposto atirador foi preso a cerca de oito quilômetros do local, perto do supermercado Safeway, na cidade vizinha de Alameda, disse a imprensa local. A rede “CNN” informou que ele contou a um dos clientes da loja que havia acabado de atirar em várias pessoas.
Jordan disse que o suposto atirador dirigiu o carro de uma das vítimas até a cidade de Alameda, e então se entregou, descrevendo a cena deixada na faculdade como “muito sangrenta”. As informações são da Dow Jones.