Rede Novo Tempo de Comunicação

legenda

Rede Novo Tempo de Comunicação

Republicanos querem votar projeto para dívida dos EUA na 4ª feira


Por marciobasso 25/07/2011 - 05h06

Os líderes do Partido Republicano na Câmara dos Representantes dos EUA pretendem votar na quarta-feira um novo projeto de lei para reduzir os gastos e permitir dois aumentos no limite de endividamento do governo federal norte-americano até 2012, informou um assessor do partido nesta segunda-feira, 25.
A primeira elevação no teto da dívida, de US$ 900 bilhões, ocorreria imediatamente após o projeto de lei ser sancionado. A segunda, de US$ 1,6 trilhão, aconteceria em 2012. Nas duas ocasiões, os aumentos seriam acompanhados por cortes de gastos no mínimo equivalentes às elevações aplicadas ao limite de endividamento.
A legislação ainda não está completa, mas precisaria ser terminada ainda hoje para que a votação ocorra na quarta-feira, pois as regras da Câmara determinam que projetos de lei devem ficar disponíveis ao público por 72 horas antes de serem levados ao plenário.
O deputado republicano John Boehner, que preside a Câmara dos EUA, e outros líderes do partido vão apresentar o projeto a outros congressistas de sua base numa reunião às 15h (de Brasília). Os republicanos detêm a maioria das cadeiras da Câmara.
No Senado, os democratas também estão preparando um projeto de lei para elevar o limite de endividamento dos EUA. O plano prevê um único aumento, de US$ 2,4 trilhões, ou o suficiente para que o governo federal continue tomando empréstimos em 2011 e ao longo de 2012. Também estão previstas no projeto medidas para reduzir o déficit orçamentário em aproximadamente US$ 2,7 trilhões. Segundo o líder da maioria democrata no Senado, Harry Reid, todas as medidas envolvem cortes de gastos. Ele explicará os detalhes do projeto aos demais congressistas do partido às 19h (de Brasília). As informações são da Dow Jones.