Rede Novo Tempo de Comunicação

legenda

Rede Novo Tempo de Comunicação

Pesquisadores nos EUA desenvolvem novo método para remover catarata


Por Gabriela Frontini Ruela 22/11/2010 - 02h53

Pesquisadores nos EUA desenvolveram uma maneira mais rápida e limpa para remover a catarata combinando a precisão do corte a laser com uma nova técnica de imagem tridimensional. Ao contrário de lasers convencionais, que derretem e fervem o alvo, foram usados lasers de femtossegundo, que operam em pulsos breves de alta energia de luz -de um milionésimo de um bilionésimo de segundo- que transformam o alvo em plasma sem danificar os tecidos em volta.

Associado com a técnica chamada tomografia de coerência óptica, o resultado foi a produção de incisões doze vezes mais precisas do que pela cirurgia tradicional. Foram feitas 29 cirurgias de catarata pelo novo método e comparadas a 30 outras feitas manualmente. A catarata, uma opacidade da lente do olho, o cristalino, é um dos problemas óticos mais comuns. Ela surge com o envelhecimento ou graças a doenças, como o diabetes.
(fonte: Folha online)