Rede Novo Tempo de Comunicação

legenda

Rede Novo Tempo de Comunicação

Mortes por Alzheimer aumentam em seis vezes na última década, diz estudo


Por marciobasso 24/09/2010 - 11h03

O número de mortes provocadas pela doença de Alzheimer cresceu quase seis vezes na última década no Brasil, segundo estudo divulgado nesta semana pela Academia Brasileira de Neurologia (ABN). O relatório revela que, no período entre os anos de 1999 e 2008, o número de vítimas no país saltou de 1.343 para 7.882, representando um crescimento de 486%.
De acordo com os especialistas, os maiores obstáculos para conter o avanço da doença são a falta de diagnóstico correto e precoce, além do acesso ao tratamento, que é oferecido gratuitamente pelo SUS. A neurologista Márcia Chaves, da ABN, destaca que os brasileiros levam aproximadamente três anos para conseguir o diagnóstico correto da doença. E essa demora ocorre porque alguns sintomas, como a perda da memória e dificuldades de raciocínio são mais associados à velhice do que à doença degenerativa.
Em documento da Alzheimer’s Disease International, o especialista Marc Wortmann demonstra uma preocupação muito grande com o crescimento dos novos casos da doença em todo o mundo. “A escalada desta crise pede ação global. A história mostra que grandes doenças podem ser administráveis – e até evitáveis – com consciência global suficiente e vontade política para fazer investimentos substanciais em pesquisa e opções de cuidado”, ressaltou.
Fonte: Blog Boa Saúde