Rede Novo Tempo de Comunicação

legenda

Rede Novo Tempo de Comunicação

Menina reapareceu 7 anos após tsunami


Por marciobasso 23/12/2011 - 12h49

Uma menina de 15 anos que reapareceu após ser considerada morta pelo tsunami que atingiu a Indonésia em 2004 foi forçada a pedir esmolas na rua no período em que ficou longe de casa, informou a família dela nesta sexta-feira (23). Mary Yuranda retornou sete anos depois à vila onde mora sua família, em uma história impressionante.
Na quinta-feira (22), a agência de notícias Antara, da Indonésia, relatou o caso identificando a menina apenas como Wati. Entrevistada pela agência France Presse, a mãe de Mary deu novas informações sobre o que a filha lhe contou.
Segundo Yusnidar, a filha foi forçada a pedir esmolas por uma mulher que lhe deu abrigo, e só recentemente conseguiu deixar a casa da mulher para buscar a família. O problema era que ela só se lembrava do nome de seu avô, Ibrahim, e do nome da vila onde morava, Ujong Baroh.
A jovem teria conseguido uma carona com uma taxista até uma cidade próxima a sua vila, na região de Aceh.
“Não posso dizer o quanto estou grata”, disse a mãe em entrevista à AFP por telefone. Segundo ela, uma marca de nascença na barriga, uma verruga e uma cicatriz na sobrancelha permitiram ter certeza de que aquela era mesmo sua filha.
O tsunami de 2004 deixou mais de 168 mil mortes na Indonésia.
Segundo noticiou a Antara, a adolescente teria aparecido em uma cafeteria da vila de sua família após viajar por diversas outras pequenas cidades da região.
As pessoas na cafeteria a princípio acharam que se tratava de uma moradora de rua, mas a pergunta sobre o avô, Ibrahim alertou um homem, que, desconfiado, a levou à família.
No momento do tsunami, segundo a agência, a mãe da menina, Yusnar, tentava levar a filha e seus outros dois filhos para um lugar a salvo quando Wati foi levada pelas águas.
Do G1, com AFP
Mary, 15 anos, se reencontrou com o pai (esq.) e o restante da família após ficar desaparecida por sete anos