Rede Novo Tempo de Comunicação

legenda

Rede Novo Tempo de Comunicação

Greve de ônibus em Brasília deixa um milhão de pessoas a pé


Por marciobasso 22/06/2010 - 02h39

Para quem depende do transporte público em Brasília, a semana não está sendo nada fácil.
Os motoristas e cobradores descumpriram a determinação da Justiça, de manter 60% da frota de 2,4 mil coletivos em circulação e, no primeiro dia de greve, realizada nesta segunda-feira, deixaram os ônibus parados nas garagens.
Apenas os da TCB e de três cooperativas (Cootarde, Alternativa e Coopatran), que representam menos de 10% da frota, rodaram.
Com isso as paradas ficaram abarrotadas de passageiros que tentavam cumprir seus compromissos e, no fim do dia, houve protesto na Rodoviária do Plano Piloto. Ao todo, um milhão de pessoas ficaram a pé.
Na esteira da paralisação, motoristas de carros, vans e ônibus piratas fizeram a festa. E hoje podem continuar atuando. O governo vai afrouxar a fiscalização ao transporte clandestino até o fim da greve dos rodoviários, que não tem data para acabar.
Com informações do Correio Braziliense