Rede Novo Tempo de Comunicação

legenda

Rede Novo Tempo de Comunicação

Fumo e contraceptivos provocam derrame na juventude


Por marciobasso 02/11/2010 - 03h08

Um grupo de pesquisadores suecos concluiu que o derrame ocorrido na juventude tem relação direta com o uso de contraceptivos orais combinados com o hábito de fumar. O incidente pode causar efeitos significativos no desempenho ao longo da vida.

Um estudo publicado no periódico Acta Paediatrica constatou que 85% das crianças e jovens que sobreviveram a um AVC (acidente vascular cerebral) terão alguma disfunção neurológica ou limitações. O derrame entre jovens é definido como um evento vascular cerebral que ocorre entre os 28 dias de vida aos 18 anos de idade.
Estudos europeus e americanos descobriram que a cada ano o derrame afeta dois entre 13 jovens a cada 100 mil. O autor do estudo registros de todas as crianças que tiveram derrame em um período de sete anos em Uppsala, na Suécia, e concluiu que o anticoncepcional junto ao cigarro ou associado à anemia ferropriva (deficiência de ferro) são fatores de risco.
Fonte: R7