Rede Novo Tempo de Comunicação

legenda

Rede Novo Tempo de Comunicação

Distrito Federal só perde para São Paulo em número de internados com casos graves de COVID-19

A boa notícia é que nesta semana a região teve a primeira paciente curada.


Por patriciamatter 27/03/2020 - 07h43

Os números de infectados pelo coronavírus no Distrito Federal voltaram a subir na noite dessa quinta-feira (26). Segundo boletim divulgado pela secretaria de saúde, os casos confirmados subiram de 198 para 203. Entre eles, 161 estão com infecções leves de coronavírus e em isolamento domiciliar. Seis pessoas estão em estado grave e outras seis com infecções críticas. Um desses casos graves é o do policial militar Ari Celso Rocha Lima de Barros, segurança do presidente Jair Bolsonaro.

De acordo com o mapa apresentado pelo Ministério da Saúde, no país, 194 pacientes desenvolveram o quadro grave da doença e estão internados em unidades de terapia intensiva da rede pública e privada neste momento. O Distrito Federal só perde para São Paulo em relação ao número de pacientes internados com casos graves da doença. Aqui são 42 pacientes internados em UTIs, enquanto que em São Paulo há 60. O Rio de Janeiro está na 3ª posição, com 27 pessoas internadas em UTIs.

Boa notícia

E a boa notícia é que o Distrito Federal nesta semana teve a primeira paciente curada de coronavírus que é a advogada Daniela Teixeira. Daniela recebeu o novo exame que testou negativo para covid-19. A cura foi identificada 19 dias depois do contágio, que aconteceu em Fortaleza, no dia 5 de março, durante a Conferência da Mulher Advogada.

Do Distrito Federal, Rafael Brondani, para o Chamada Brasil.