Rede Novo Tempo de Comunicação

legenda

Rede Novo Tempo de Comunicação

Desemprego fica estável na zona do euro


Por marciobasso 02/07/2010 - 10h42

A taxa de desemprego na zona do euro (grupo dos 16 países que adotam a moeda única) ficou estável em 10% pelo terceiro mês consecutivo em maio, à medida que uma melhora no mercado de trabalho da Alemanha contrabalançou a deterioração nos países periféricos que sofreram profundas recessões.
O dado veio levemente melhor do que a previsão dos economistas, que era de 10,1%. Na Alemanha, a taxa de desemprego caiu para 7,0% em maio, de 7,1% em abril.
Na Espanha houve aumento para 19,9%, de 19,7%; em Portugal a taxa subiu para 10,9%, de 10,8%; e na Irlanda avançou para 13,3%, de 12,9%. Além da Alemanha, também houve sinais de estabilização em outros grandes países da zona do euro. A França, segunda maior economia da região, teve taxa estável em 9,9% em maio, pelo quinto mês seguido. Na Itália, a taxa ficou estável pelo terceiro mês, em 8,7%.
A Zona Euro ou oficialmente Área do Euro (também referenciada como Eurozona, Euro-Área ou ainda Eurolândia) refere-se a uma união monetária dentro da União Europeia, na qual alguns Estados-membros adoptaram oficialmente o euro como moeda comum. A área monetária é constituída por 16 membros dentro da União Europeia e mais 9 fora dela.
A entidade máxima que regula toda a política monetária (incluindo a gestão da taxa de juros Euribor) é o Banco Central Europeu, sediado em Frankfurt, na Alemanha.
A Zona Euro é a maior economia do mundo, segundo estimativas da CIA para 2009.
Com informações do Último Segundo e da Wikipedia