Rede Novo Tempo de Comunicação

legenda

Rede Novo Tempo de Comunicação

Central registra 343 mil chamadas de violência contra a mulher


Por marciobasso 12/08/2010 - 10h03
A Central de Atendimento à Mulher (Ligue 180), ligada ao Governo Federal, registrou mais de 343 mil chamadas, de janeiro a junho deste ano, sobre violência doméstica contra a mulher. Para se ter uma idéia, o número é 112% acima do registrado no mesmo período do ano passado (161 mil casos).
Vale ressaltar que o Ligue 180 é um serviço da Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM) e, no primeiro semestre deste ano, o Ligue 180 registrou 62 mil relatos de violência. Entre eles, violência física, violência psicológica, violência moral, violência sexual, violência patrimonial, cárcere privado e situações de tráfico (229 ocorrências).
A SPM assinala que, nos seis primeiros meses deste ano, foram verificados 8,9 mil casos de ameaças. Mais de 67% das mulheres que ligam para a central têm entre 25 e 50 anos.
Em virtude desta realidade, mais de 200 mil revistas do Projeto Quebrando o Silêncio começaram a ser entregues, neste mês de agosto, em todo o Brasil e em alguns países da América do Sul.
A distribuição acontecerá através de fiéis adventistas e da Rede de Educação Adventista em todas as regiões, juntamente com ações como passeatas, atos públicos, sessões solenes, entre outras manifestações que pedem o fim da violência doméstica.
A coordenadora sul-americana do Projeto Quebrando o Silêncio, Wiliane Marroni, explica que o trabalho não se limita apenas ao mês de agosto. Embora o maior empenho ocorra neste mês, para a conscientização, o projeto de proteção às mulheres, crianças e idosos acontece o ano inteiro com reuniões, debates, passeatas e outras manifestações.
Em âmbito mundial, a Igreja Adventista do Sétimo Dia busca recolher mais de 1 milhão de assinaturas, que serão entregues à ONU, para que seja dada maior atenção a este tipo de violência silenciosa que causa problemas hoje e no futuro.
Outras informações: www.quebrandoosilencio.orgbr.
 
Fonte: Folha de Pernambuco