Rede Novo Tempo de Comunicação

legenda

Rede Novo Tempo de Comunicação

Britânico em coma pede, com os olhos, para não morrer


Por marciobasso 13/07/2010 - 01h32

Um britânico que sofreu um acidente de moto e que os médicos acreditavam estar em coma conseguiu pedir que os aparelhos que o mantinham vivo não fossem desligados mexendo apenas os seus olhos.
Richard Rudd, de 43 anos, sofreu danos à espinha no acidente, em outubro de 2003. Sua família então disse aos médicos do Hospital Addenbrooke, em Cambridge, que abriga a mais avançada unidade neurológica da Grã-Bretanha, que ele já havia manifestado que não desejaria viver se estivesse nessa condição.
Mas, com os olhos, ele conseguiu se comunicar com os médicos e pediu que não desligassem os aparelhos que o mantinham vivo e que continuassem o seu tratamento. Richard é um dos três pacientes da unidade neurológica do Hospital Addenbrooke cuja história é contada no documentário Between Life and Death (Entre a Vida e a Morte), que vai ser transmitido hoje no canal BBC1, na Grã-Bretanha.
Fonte: Terra