Rede Novo Tempo de Comunicação

legenda

Rede Novo Tempo de Comunicação

Brasileiros acreditam em avanços para diminuir a desigualdade


Por marciobasso 02/07/2010 - 01h27

O Brasil é o segundo país em que mais gente acredita serem necessários avanços para diminuir a desigualdade entre homens e mulheres, segundo uma pesquisa realizada pelo Pew Research Center, dos Estados Unidos, em 22 países.
No Brasil, 95% dos entrevistados acreditam que as mulheres devem ter direitos iguais aos dos homens, e 84% responderam que é preciso ser feito mais para que isso seja atingido. Este número só ficou atrás do Japão, onde 89% dos entrevistados afirmaram que são necessárias mudanças para aumentar a igualdade entre os sexos.
No país, 89% dos entrevistados acreditam que deve haver igualdade de direitos. A pesquisa marca os 15 anos da quarta Conferência Mundial da ONU sobre Mulheres, em Pequim.
Com informações da Folha Online