Rede Novo Tempo de Comunicação

Tempo de Refletir

Salva-me, Senhor!

Tempo de Refletir


Por Rádio NT 16/03/2020 - 05h26
00:00
00:00
Volume
Velocidade

Salmo 7:1: “Senhor, Deus meu, em Ti me refugio; salva-me de todos os que me perseguem e livra-me”.

Alguém acusou você diante do chefe? Pessoas que fazem isso não estão preocupadas com o seu bem nem o bem da empresa. É gente covarde que quer ganhar “pontos” diante do chefe.

Esse tipo de pessoas existe no trabalho, na escola e até no círculo familiar. “São amigos” que você confia, despertam a sua confiança, fazem você falar, e depois correm para contar tudo ao superior.

Na vida de Davi também existiu esse tipo de pessoas. Cuxe, o benjamita, foi um deles. Cuxe acusou Davi de conspiração contra o rei, e o rei acreditou.

Aonde vão os filhos de Deus quando são acusados injustamente? Se você explicar, seus inimigos podem distorcer as palavras para enredá-lo mais. Davi sabia a quem pedir ajuda e orou: “Senhor [Jeová], meu Deus [Elohim].”

Jeová, o Deus da aliança e do amor, e Elohim, o Deus Todo-Poderoso. Na hora da perseguição, o salmista apela ao amor e ao poder de Deus. O poder divino sempre será usado em seu favor porque o Senhor ama você. Vá a Ele confiantemente. Aliás, algumas traduções usam a expressão “em Ti me refugio” como “em Ti confio”.

Existe outro pensamento no verso de hoje. Davi suplica: “livra-me”, e no verso seguinte acrescenta: “Para que ninguém, como leão, me arrebate, despedaçando-me.” No caso de Davi, o leão era Cuxe, seu acusador, mas em nosso caso é um inimigo espiritual.

Pedro diz: “O diabo, vosso adversário, anda em derredor, como leão que ruge procurando alguém para devorar” (1 Pe 5:8). Ele é o acusador. Seu dedo maligno está sempre apontando em sua direção e dizendo: “Este indivíduo é um pecador e merece morrer.”

É nessa hora que podemos nos refugiar em Jesus e dizer: “É verdade, Senhor, sou um pobre pecador. Mas aceitei Teu sacrifício expiatório. Em Ti me refugio, salva-me.”

Chegará o dia quando o inimigo terá que engolir todas as acusações levantadas contra você. João descreve esse acontecimento assim: “Então, ouvi grande voz do céu, proclamando: Agora veio a salvação, … pois foi expulso o acusador de nossos irmãos, o mesmo que os acusa de dia e de noite, diante do nosso Deus” (Ap 12:10)

Descanse hoje em meio às tormentas da vida, confiando na promessa bíblica. E repita para si: “Senhor, Deus meu, em Ti me refugio; salva-me de todos os que me perseguem e livra-me.”