Rede Novo Tempo de Comunicação

Tempo de Refletir

Comprando tempo?

Tempo de Refletir


Por Rádio NT 24/07/2021 - 04h00
00:00
00:00
Volume
Velocidade

Salmo 90:12 – Ensina-nos a contar os nossos dias, para que alcancemos coração sábio.

Li a história de um homem que teve um sonho no qual ele se viu passando junto a uma agência bancária, onde estava escrito: “Vende-se tempo”. Curioso, ele entrou e viu uma longa fila de pessoas diante de um guichê. Ficou ali algum tempo e verificou como várias pessoas procuravam comprar tempo. Um deles explicou que tivera uma enfermidade maligna que podia ter sido tratada um ano antes e descobriu então que era tarde demais. Ele desejava comprar um ano de tempo. Um casal de rosto triste queria comprar 20 anos. Seu filho havia sido condenado à morte, e eles reconheceram que eram culpados disso, pois tinham negligenciado a educação dele. Pretendiam começar tudo de novo para reparar o mal. Outro homem desejava comprar 30 anos a fim de obter uma educação que havia negligenciado na juventude. E assim a história continua.

Muitas pessoas sonham poder voltar ao passado ou comprar de volta os anos gastos. Mas o tempo nunca mais volta. Infelizmente, essa é uma importante lição que poucos aprendem na juventude.

E mais: o tempo passa muito depressa depois da infância. Certa vez, presenciei um amigo dizer o seguinte a um senhor de 94 anos: “Creio que deve ter sido como uma eternidade o tempo que passou desde o tempo em que o senhor era jovem”. O idoso respondeu: “Filho, é como se fosse ontem”.

O tempo só tem valor quando é gasto tendo em vista a eternidade. A menos que gastemos nosso tempo como um investimento para a vida eterna, nós o estamos desperdiçando. Somos como o exército do leviano imperador romano Calígula, que, em vez de se preparar para defender o império, recebeu a tarefa de colher as mais lindas conchas nas praias.

Assim, quer tenhamos muito tempo para viver ou apenas breves anos diante de nós, vamos contar os nossos dias “para que alcancemos coração sábio”, e que nossa vida seja dedicada à esperança da eternidade.

Reflita sobre isso no dia de hoje e ore comigo agora:

Pai da Eternidade, Deus que não está limitado ao tempo: ajude-nos a aproveitar bem cada segundo de nossa vida. Dá-nos sabedoria para administrarmos essa riqueza incomparável. Que o nosso tempo, Pai, não fique restrito apenas aos compromissos profissionais ou de trabalho. Que tenhamos tempo para a família, tempo para a recreação – uma vida equilibrada. Mas, acima de tudo, que tenhamos tempo para Ti, para as Tuas coisas. Para ouvir a Tua voz. Pedimos e agradecemos em nome de Jesus, amém!

(Texto adaptado de Thomas A. Davis, de 03/01/1967)