Rede Novo Tempo de Comunicação

Tempo de Refletir

Banquete contínuo

Tempo de Refletir


Por Rádio NT 11/04/2020 - 05h37
00:00
00:00
Volume
Velocidade


Provérbios 15:15: “Todos os dias do aflito são maus, mas a alegria do coração é banquete contínuo”.

Aprendi vivendo, sofrendo e errando. Aprendi observando e ouvindo. Aprendi das lágrimas e dos sorrisos. Aprendi que a vida pode ser alegria ou tristeza, derrota ou vitória, vida ou morte. Depende da maneira como você reage às circunstâncias.

Se o seu coração mergulha no pessimismo, não espere nada melhor da vida. Se viver dizendo que as coisas irão mal, a única coisa certa na sua vida será o cumprimento de sua profecia. As coisas com certeza irão mal.

Se, pelo contrário, seu coração se encher de otimismo, fruto da comunhão com Jesus, a sua vida será um “banquete contínuo”, afirma Salomão.

Levante os olhos e enxergue longe, bem longe. Aprenda a viver pela fé. Fé é permitir que o seu coração voe para além do que os seus olhos veem!

Era uma noite escura quando Paulo e Silas, dois pioneiros do cristianismo, encontravam-se presos em Filipos. As costas nuas de ambos sangravam por causa das chicotadas que receberam ao defender suas convicções. Como seres humanos normais, tinham todos os motivos do mundo para lamentar-se e sentir-se derrotados, mas eles não se deixaram mergulhar na mediocridade das lamúrias e queixas. O que fizeram? Cantaram no meio da escuridão, e a atitude vitoriosa do seu coração lhes providenciou um banquete: os muros ruíram, as correntes se arrebentaram e ambos viram-se livres.

Na realidade, eles nunca estiveram presos. Os homens e as circunstâncias podem prender o seu corpo. Mas não a sua alma. Enquanto seus olhos estiverem fixos em Jesus, você poderá cantar em meio à escuridão e à dor. Seu espírito estará sempre livre.

Faça de hoje um dia especial de louvor. Louve pela vida. Reconheça a grandeza de Deus, tenha um coração alegre e agradecido e faça tudo o que vier à sua mão para fazer, de um modo diferente. O segredo do sucesso é fazer as coisas simples da vida com alegria e de um modo extraordinário.

Lembre-se mais uma vez de que: “Todos os dias do aflito são maus, mas a alegria do coração é banquete contínuo.” Bom apetite!

Vamos orar?

Senhor, mesmo em meio a dor, ao sofrimento, nós podemos louvar o Teu nome e agradecer pela vida, agradecer pela salvação em Cristo Jesus, que nos dá a certeza de um tempo e de um  mundo melhor. Te louvamos, Pai, em nome de Jesus, amém!