Rede Novo Tempo de Comunicação

Reavivados por Sua Palavra – Rádio

Salmo 81

Reavivados por Sua Palavra


Por Rádio NT 23/04/2020 - 02h30
00:00
00:00
Volume
Velocidade

Existem supostos comentaristas bíblicos nada teológicos que torcem a história narrada em 1º Crônicas 13-16 para insinuar que, na liturgia organizada no Templo, tanto Deus quanto os líderes religiosos não teriam aprovado que se usasse como instrumentos musicais os tambores. Bom. Pra começo de história, o texto de 1º Crônicas não diz nada disso. E isso também pode ser desmentido com o texto bíblico da leitura de hoje. Por quê?

Primeiro pelo seguinte. Lá nas inaugurações do Templo e de tudo que funcionaria nele, o serviço da música foi confiado a alguns levitas, tendo, como o principal deles,  Asafe (1º Crônicas 15:17,19; 16:7). Três séculos depois, quando o rei Ezequias fez a purificação do mesmo templo, o serviço da música foi reorganizado seguindo o legado de Asafe (2Crônicas 29). Anos depois disso, os descendentes de Asafe compuseram o seguinte imperativo: “Cantem de alegria a Deus, nossa força; aclamem o Deus de Jacó! Comecem o louvor, façam ressoar o tambor”, ordena a introdução do Salmo 81. Entende?

Esse Salmo que orienta louvar ao Senhor com tambores é muito posterior à suposta correção do livro de Crônicas. Tanto é, que no Talmude 13, capítulo 7 verso 4, nós temos o registro histórico de que o Salmo 81 era cantado na quinta feira na liturgia do 2º Templo! Porque, tipo assim: na 6ª eles cantavam o 93; no sábado o “canto composto para o sábado/para o futuro, qdo tudo será descanso e reposo para a vida eterna”; no domingo era o salmo 24; na segunda deveriam cultuar com o salmo 48; na terça era o 82; na quarta o 94; e, na quinta, este aqui, o 81! E confirmando isso, a PHD em Musicologia, professora emérita da universidade Andrews, citando um texto da Mishná de aproximadamente final do segundo século d.C, menciona que, dos animais sacrificados, os sacerdotes faziam instrumentos musicais, como flautas e tamborins, e conclui: “documentos que descrevem o serviço do 2º templo, mencionam, também, a flauta e o tamborim, entre os instrumentos usados”.

Ou seja, usar tambores para louvar a Deus era um costume bíblico; e não há nada na Bíblia que proíba o uso da bateria, cajón, chocalho, pandeiro, e dos demais instrumentos de percussão para adorar ao Senhor. Na realidade, os salmos orientam louvar a Deus com todos os instrumentos. Portanto, louvemos ao Senhor, também, com os instrumentos de percussão, amém? Um abraço, Pr. Valdeci Jr.