Rede Novo Tempo de Comunicação

Reavivados por Sua Palavra – Rádio

Levítico 27

Reavivados por Sua Palavra


Por Rádio NT 10/05/2022 - 02h00
00:00
00:00
Volume
Velocidade

Meu querido amigo ouvinte, o capítulo sobre o qual eu quero trazer algumas explicações pra você hoje aqui é Levítico 27.  

A Bíblia de Estudo e Referência Nova Reforma nos explica que Levítico 27 “trata dos votos e seu resgate. O tema refere-se ao resgate das ofertas ao Senhor. Quando se fazia um voto com respeito a determinada coisa, isto é, quando se a consagrava ao Senhor, o voto tinha de ser cumprido ou pago. Caso contrário, a coisa consagrada devia ser resgatada, de acordo com uma regra particular estabelecida. Se alguém se consagrava a si mesmo ao Senhor e tinha entre 20 e 60 anos de idade, tinha de pagar 240 gramas, ou moedas, de prata (Gênesis 23:15-16) se fosse homem, e 120 gramas se fosse mulher. O siclo variava em peso e, consequentemente, em valor, ao longo do tempo. Como medida de peso hebraica, um siclo equivalia a 12 gramas aproximadamente. Mais tarde, tornou-se o nome de uma moeda de prata com esse peso. Se alguém consagrasse seu filho entre os 5 e os 20 anos, pagava 240 gramas de prata pelo homem e 120 pela mulher. Se a pessoa consagrada tivesse 60 anos ou mais, o homem pagava 180 gramas e a mulher 120 gramas. 

“No caso de uma pessoa pobre, que não podia pagar o estabelecido pela lei, o sacerdote fixava o montante a ser pago. No que tange ao resgate dos animas imundos, que por isso mesmo não podiam ser sacrificados, como no caso do jumento, o sacerdote também fixava a quantia necessária para o resgate. O sacerdote também estipulava o valor das casas quando estas tinham de ser resgatadas. 

“No verso 13, a frase ‘terá que acrescentar um quinto ao seu valor’ refere-se a que, quando uma pessoa resgatava um animal que já havia sido consagrado, ela devia adicionar ao valor estabelecido a quinta parte, ou seja, 20%, como uma espécie de multa ou compensação. Parece que a alternativa para o proprietário era vender o animal e entregar o dinheiro da venda à tesouraria do santuário.  

“No verso 29, a expressão ‘pessoa consagrada para destruição’ significa anátema, isto é, consagrado ou separado com uma finalidade determinada. Em função disso, esse alguém não podia ser resgatado, porque fora consagrado ou dedicado a Deus. Por essa razão, a palavra anátema foi usada no sentido de dedicar algo à destruião, ou seja, exterminá-lo. Foi aplicada no sentido às cidades de Canaã que deveriam der destruídas. 

“Os versos 30-33 têm a ver com o dízimo. Nos versos 32-33, a expressão ‘que passem debaixo da vara do pastor’ refere-se à maneira segundo a qual se contavam os animais na antiguidade”.  

E assim, meu amigo, terminamos a leitura do livro de Levítico, que pôde reforçar a mensagem do Novo Testamento de que há perdão e Salvação em Jesus Cristo e inteirar-nos da vontade de Deus no tocante a muitos aspectos da conduta e das relações humanas. Se você ainda não fez, faça a sua leitura bíblica de hoje. E se já fez, compartilhe o que aprendeu!