Rede Novo Tempo de Comunicação

Reavivados por Sua Palavra – Rádio

Jó 21

Reavivados por Sua Palavra


Por Rádio NT 12/01/2020 - 02h30
00:00
00:00
Volume
Velocidade

Eu nunca vou me esquecer de um episódio que aconteceu no bairro em que eu morava na capital paulistana quando eu era criança. Cedinho, por volta das 7 da manhã, havia um grupo de pessoas num ponto de ônibus esperando um ônibus para cada um ir para o seu destino, e, entre aquelas pessoas, estava uma criança com sua mãe; uma criança de 7 anos de idade, que esperava o ônibus, também, para ir até a sua escola. Seria mais 1 dia normal de aulas para ela, se não fosse um carro desgovernado, que veio com um homem irresponsável dirigindo.

Ao que pareceu, ele estaria dirigindo totalmente bêbado. E ele invadiu a calçada da rua, passou por cima daquelas pessoas, e aquela menina em específico sofreu vários traumas em suas vértebras, e ela ficou tetraplégica. O motorista daquele carro fugiu rapidamente, ninguém conseguiu anotar a placa, e ele nunca foi pego.

Entretanto, aquela menina para sempre viria ser uma mulher tetraplégica vegetando numa cama podendo movimentar-se apenas do pescoço para cima. Imagine que essa mulher hoje deve ter uns 44 anos de idade, e ainda vive, mas, por todo esse tempo, vegetando desse jeito.

E aquele rapaz que fugiu, se ele conseguiu realmente esconder o que fez, provavelmente hoje seja um homem de 60 a 70 anos de idade, talvez até bem sucedido, sem  nunca ter sido pego. E aí eu lhe pergunto: é justo? Meu amigo, nem tudo o que aqui se faz aqui se paga.

Tudo o que se faz se paga, não serão pagas aqui nessa vida porque, infelizmente, nesta vida, acontecem, sim injustiças. Existem muitas coisas injustas nesta vida. E Jó aqui, ele descreve – no capítulo 21 – a prosperidade dos perversos. Perversos prosperam?

Muitas vezes, sim – infelizmente. Mas não compensa ser perverso porque justo também prospera, e porque na eternidade apenas o justo prosperará e os perversos sofrerão as consequências de suas perversidades. Portanto continue sendo justo, lendo hoje Jó capítulo 21.