Rede Novo Tempo de Comunicação

Reavivados por Sua Palavra – Rádio

Isaías 31

Reavivados por Sua Palavra


Por Rádio NT 21/09/2020 - 02h30
00:00
00:00
Volume
Velocidade

Muito bem, estamos aqui mais uma vez com a proposta de ficarmos mais reavivados pelo estudo das Escrituras sagradas, e aqui vai a minha saudação a você, que tem interesse em ficar Reavivado Pela Palavra de Deus, tudo bem com você? No nosso projeto de leitura bíblica, o capítulo de hoje é um capítulo muito interessante do livro de Isaías.  Ontem eu comecei a falar com você aqui sobre como Deus é misericordioso! Ta certo, que no velho testamento, tem muita lei seca, rígida, de olho por olho dente por dente. Mas pesquise na história do antigo testamento, e faça um relatório, de quantas vezes aquelas leis foram executadas.

Quantas vezes alguém foi apedrejado? Tem lá, uma ou outra vez, numa comunidade de milhões de pessoas, por um período de dez séculos ou mais. É quase nada. E ainda por cima, quando você encontra essas raríssimas execuções, você ainda pode ver que no casso ocorrido, o condenado não clamou por auxilio, por misericórdia, não demonstrou arrependimento. Que foi o caso tanto da Assíria quando do Egito, aí da leitura de hoje, que não quiseram arrepender-se. Me mostre, amigo ouvinte, um caso sequer, na Bíblia, em que o condenado esteja clamando por misericórdia, se arrependendo, arrependido, e mesmo assim, mesmo pedindo por perdão, sendo executado.

Não existe. O que existe é o contrário. É Deus indo atrás, oferecendo, dando misericórdia. Os juízos executivos de condenação de Deus, amigo ouvinte, eles só existem, praquelas pessoas de coração duro, que não querem se arrepender. Mas para todo aquele que clama por perdão, e que verdadeiramente sente, no seu coração, uma tristeza pelo pecado, ainda que Deus esteja pronunciando um possível castigo, se houvesse um arrependimento, haveria um perdão. Deus sempre ama! É por isso que a mensagem do capítulo de hoje é: Convertei-vos! Leia Isaías capítulo 31, e se aquele grito de Deus não serviu pra aquele povo do mundo antigo, que sirva pra mim e pra você hoje, no sentido de atendermos a esse apelo do Senhor e permitirmos que Ele realize a obra da conversão em nós.