Rede Novo Tempo de Comunicação

Lições da Bíblia Rádio

A obra do Messias

Lições da Bíblia


Por Rádio NT 04/03/2020 - 02h56
00:00
00:00
Volume
Velocidade

A oração intercessória de Daniel aborda dois assuntos principais: os pecados do povo e a desolação de Jerusalém. Portanto, a resposta de Deus trata das petições a respeito dessas duas questões. Mediante a obra do Messias, o povo seria redimido, e o santuário seria ungido.

Contudo, as duas petições específicas foram respondidas de maneiras que transcendem o horizonte histórico imediato de Daniel: a obra do Messias beneficiaria toda a humanidade.

5. Leia Daniel 9:21-27. Que obra deveria ser feita dentro do período de 70 semanas? Por que somente Jesus podia realizá-la? _______________________________________________________________

1. “Fazer cessar a transgressão”. A palavra hebraica para “transgressão” (pesha’) sugere a violação proposital da parte de um inferior contra um superior (por exemplo, Pv 28:24). Essa palavra também ocorre na Bíblia a respeito da declarada oposição dos seres humanos a Deus (Ez 2:3). Contudo, mediante o sangue de Jesus, a rebelião contra Deus é aniquilada, e o homem recebe os méritos que fluem do Calvário.

2. “Dar fim aos pecados”. O verbo ūlahātêm tem o significado de “selar” e, nesse texto, significa que o pecado é perdoado. Desde a queda, a humanidade tem sido incapaz de viver de acordo com os padrões de Deus, mas o Messias cuidaria de nossos fracassos.

3. “Expiar a iniquidade”. Como Paulo declarou: “Aprouve a Deus que, Nele, residisse toda a plenitude e que, havendo feito a paz pelo sangue da Sua cruz, por meio Dele, reconciliasse Consigo mesmo todas as coisas, quer sobre a Terra, quer nos Céus” (Cl 1:19, 20). De igual maneira, nesse texto somente Jesus pode proporcionar essa realidade.

4. “Trazer a justiça eterna”. Cristo tomou o nosso lugar na cruz e, por meio disso, concedeu-nos a bendita condição de “ser justos” diante de Deus. Somente pela fé podemos receber essa justiça que vem do Senhor.

5. “Selar a visão e a profecia”. Quando Cristo Se ofereceu em sacrifício, as profecias do Antigo Testamento que apontavam para Sua obra expiatória foram seladas, no sentido de terem sido cumpridas.

6. “Ungir o Santo dos Santos”. O Santo dos Santos mencionado aqui não é uma pessoa, mas um lugar. Portanto, a declaração se refere à inauguração do ministério de intercessão de Cristo no santuário celestial (Hb 8:1).