Rede Novo Tempo de Comunicação

legenda

Rede Novo Tempo de Comunicação

Arautos do Rei fazem “pocket show” na Saraiva


Por marciobasso 06/10/2010 - 03h48

Quando se pensa em livraria, a primeira coisa que vêm à mente são livros e mais livros, Cd´s, Dvd´s. Mas não foi só isso o que cerca de 150 pessoas viram na noite de terça-feira, 5 de setembro, na Livraria Saraiva do Shopping Center Norte, na capital paulistana.

Saraiva Megastore do Shopping Center Norte, SP. Foto: Márcio Basso/CNTN


Na ocasião o quarteto Arautos do Rei cantou e alegrou a plateia com um repertório que incluiu clássicos cristãos como “Habita em Mim”. Foram oito músicas e, ao final, um biz da canção O Amém, faixa inicial do novo CD “O Dia Enfim Chegou”.

Foto: Márcio Basso/CNTN


Formado há 48 anos para participar do ministério de rádio A Voz da Profecia, o quarteto da Igreja Adventista do Sétimo Dia já lançou mais de 50 discos. Em sua 26º formação conta com Ozéias Reis (1º tenor), Társis Iraídes (2º tenor), Jairo Souza (barítono) e Milton Andrade (baixo).

(Da esquerda para direita) Jairo, Társis, Milton e Ozéias seguram o CD "O Dia Enfim Chegou". Foto: Márcio Basso/CNTN.


O “pocket show” (mini apresentação) aconteceu no Espaço Marcos Rey da livraria e teve cobertura nacional e internacional das TVs Novo Tempo e Nuevo Tiempo.

Cerca de 150 pessoas assistiram o "pocket show" na Livraria Saraiva do Shopping Center Norte, SP. Foto: Márcio Basso/CNTN


Pouco antes de terminar o concerto, o pastor e cantor Jairo Souza explicou que os Arautos existem para falar que Jesus logo vai voltar.
E para concluir, a voz mais grave do grupo, o também pastor Milton Andrade, convidou que viessem à frente os que “estavam passando por algum problema”. Uma oração foi feita, o hino O Amém cantado e a apresentação concluída. Aplausos animados ecoaram por toda a livraria.
Aplausos como o do seminarista Anderson Paulo Nogueira, quem se fiz fã dos músicos. Ele chegou quase no fim do show, mas se emocionou com o que viu e disse que os Arautos do Rei “têm rompido gerações com músicas que tocam no coração de Deus e no nosso coração. São músicas inspiradas por Deus e eu O louvo por esse ministério”.
Elizabeth dos Santos foi outra que se beneficiou com as canções. Ela revelou que estava afastada da presença do Senhor, mas quando passeava pela Saraiva e leu que o quarteto cantaria naquela noite, percebeu que era um convite de Deus. Elizabeth agradeceu a Deus “a oportunidade de ouvir”.
Sobre a importância do evento, o diretor da gravadora Novo Tempo, Alessandro Tostes, diz que o mais emocionante “é ver o Espírito Santo tremer este lugar e ver a reação das pessoas, aquelas que nunca viram os Arautos cantando, ver a manifestação nos olhos, na expressão facial”.
Márcio Basso Gomes, enviado especial do portal www.cntn.com.br